Como perder peso no verão

Não existe uma estação mais propicia para perder peso que o verão. Sol, calor e outros fatores contribuem e muito para que isso aconteça. Todos os ano é a mesma coisa, chega o verão todo mundo resolve perder peso para poder desfilar seus corpos durante a estação. As academias lotam, a busca por tratamentos alternativos para emagrecer são mais procurados, mas nem sempre isso resolve. Mas o que poucos sabem é que está estação proporciona diversas oportunidades para perder peso e ficar com o copro ideal até o fim do verão.

Todos também sabem que a melhor e mais saudável maneira de perder peso é praticando exercícios físicos e seguindo uma dieta, mas nem sempre as pessoas querem se esforçar para isso. Se você deseja perder peso rápido e de maneira saudável está é a úncia opção. Por isso hoje separamos algumas dicas e dietas para poder usar no verão. Confira alguns artigos já escritos neste blog que irão te ajudar:

Dicas de como perder peso no verão:

Exercícios para fazer em casa

Alimentos que ajudam a perder peso

Dicas de como acabar com a barriguinha indesejada

Agora vamos lhe mostrar uma deita feita pela nutricionista Vivian Goldbeger, do Centro Especializado em Emagrecimento e Estética Emagrecentro, em São Paulo que promete te ajudar a perde pelo menos 2Kg por semana durante o verão, mas para que isso aconteça é preciso seguir direitinho a programação.

A dieta feita pela nutricionista contém alto teor de vitaminas, minerais e fibras. Além de alimentos que ajudam a desintoxicam o organismo, regulam o intestino e hidratam a pele e os cabelos. Confira abaixo a dieta para o verão:

 

Diferença entre os alimentos Light e Diet

Uma dúvida dos diabéticos e quem deseja fazer uma dieta ou emagrecer é a diferença entre os alimentos  light e diet, seus benefícios e o indicado para cada situação. São inúmeros os produtos light e diet, que vão desde refrigerantes até chocolates mas nem sempre sabemos diferenciá-los. Para acabar com está dúvida vamos lhe mostrar a diferença entre os alimentos light e diet: Confira:

Alimentos Light: São alimentos com uma redução no valor calórico ou redução na quantidade de algum nutriente. Os nutrientes não precisam necessariamente ter a isenção total, basta ter uma redução de no mínimo 25% de calorias em comparação aos produtos convencionais semelhantes.

Os produtos light só ajudam a perder peso se houver uma diminuição significativa na quantidade de algum nutriente energético. O consumo exagerado desse tipo de alimento pode resultar na ingestão de uma quantidade igual ou maior de calorias, comparada ao consumo de alimentos não light.

Alimentos Diet: são os alimentos isentos de determinados nutrientes (como açúcar, glúten, colesterol ou gordura), feitos para pessoas que sofrem om diabetes ou hipertensão. Os alimentos diet não devem ser utilizados em dietas de emagrecimento pois na maioria das vezes seu valor energético não é menor que os produtos convencionais.

Como fazer uma horta caseira – Dicas

Os alimentos orgânicos são mais saudáveis, principalmente as verduras e os vegetais por não possuírem agrotóxicos e substâncias usadas em produtos industrializados. Estes alimentos possuem diversos benefícios, como serem mais saborosos, mais saudáveis e sua produção respeita o meio ambiente.  As únicas desvantagens dos alimentos orgânicos são os custos de produção, por ser menor e de consumo que é mais caro que os convencionais. Mas existe uma alternativa para quem quer consumir alimentos orgânicos sem gastar muito, são as chamados hortas caseiras.

Uma horta caseira é como outra qualquer feita em fazendas e sítios, à única diferença é que tem que ser adaptada ao ambiente urbano de uma casa ou apartamento. Fazer isso não é uma tarefa fácil, exige muito cuidado e atenção, pois qualquer deslize pode colocar tudo a perder. Para fazer uma horta caseira, você vai ter que colocar a mão na massa literalmente, a não ser que você contrate um serviço especializado. Caso contrário vai perder algumas horas do seu dia ou final de semana apenas para se dedicar a isso. Abaixo, você poderá conferir algumas dicas de como fazer uma horta caseira.

A primeira coisa que você deve saber antes de começar a fazer sua horta caseira é que você precisa de espaço para isso, seja de vasos, canteiros ou jardineiras. Mas caso possuir um espaço maior de terreno em sua casa o trabalho será bem maior, porque terá que preparar a terra primeiro. Uma opção bastante recomendada são os tubos de PVC, que são usados para armazenar plantas em jardins. Com os tubos você precisa recortar sua parte superior para fixá-lo na parede ou no chão. É preciso também fazer alguns furos no fundo e nos lados para que quando for molhar a água possa sair e não inundar a terra. Outros cuidados que também deve ser tomados são com a profundidade, que deve ser maior de 20 cm e com o local que deve receber o sol por pelo menos uma hora por dia. Nos apartamentos, os melhores locais para fazer uma horta caseira são as aeras de serviços ou sacadas. Agora veja 4 passos para fazer uma horta caseira:

  1. Primeiro encha 1/3 do vaso de pedras ou argila para facilitar a filtragem e drenagem da agia, lembrando-se que os vasos devem ter furos.
  2. Depois das pedras, você vai dividir o vaso em mais três partes, a primeira deve ser preenchida com adubo (esterco ou resto de alimentos e vegetais), a segunda com terra comum (maior que 10 cm) e a terceira de húmus (folhas, plantas mortas ou minhocas).
  3. Você deve escolher o que quer plantar, lembrando se que são apenas vegetais ou verduras que não sejam muitos grandes. O ideal de se plantar em uma horta caseira, são as hortaliças que fazem temperos como cebolinha, salsa e rúcula. A plantação pode ser feitas a partir de sementes ou mudas, mas o ideal para horas caseiras são as mudas que não necessitam de muitos nutrientes (que é só possível obter em ambientes natureba) para vingarem.
  4. Finque estacas para ajudar no crescimento vertical das hortaliças e regue pelo menos uma vez ao dia até que as mudanças comecem a nascer.

As dicas podem variar e modo de fazer a plantação também, porque em cada casa ou apartamento os recursos podem ser limitados. Tente ao máximo encontrar um lugar livre, que toma vento e sol e caba um vaso ou jardineira de pelo menos 20 cm. Caso não consiga, fazer sua horta caseira peça a ajuda de um jardineiro ou alguém com conhecimento em jardinagem.

Como controlar a pressão alta

A hipertensão mais conhecida como pressão alta é uma das doenças crônicas que mais matam no Brasil, além de darem origem a outros doenças e males para a saúde. A origem desta doença pode se der a dois motivos: origem genética (passar de geração em geração através de pais ou avós) ou ser adquirida pelo estilo de vida auto destrutível como fumar, ingerir bebida alcoólica e consumir comidas gordurosas.

No entanto algumas atitudes podem não só prevenir a pressão alta como também controlá-la, caso ainda não esteja em nível muito avançado. Essas atitudes são feitas a partir de pequenas mudanças no dia-a-dia. Vejam quais são:

Para controlar a pressão alta, pequenas atitudes ajudam a controlar essa doença que é a causa de milhares de mortes por ano no Brasil. Essas mudanças são o controle de peso, prática de exercícios físicos, redução do consumo de sal, evitar ingerir bebidas alcoólicas, ter uma dieta saudável (evitar o consumo de gorduras, consumirem maios frutas, verduras e alimentos verdes), usarem o medicamente de maneira disciplinar, não consumir tabaco (ao fumar), evitar estresse, ir ao médico regulamente e fazer exames de check-up a cada seis meses, e a última a talvez mais importante seja medir a pressão pelo menos uma vez por semana e estar atento a mudanças.

Fonte Minha Vida

Como se prevenir contra o câncer

Recentemente, durante o 10º Congresso Brasileiro de Cirurgia Oncológica no Rio de Janeiro o presidente da  SBCO (Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica), José Humberto disse que com pequenas mudanças é possível se prevenir contra o câncer. Todas as mudanças, são relacionados ao estilo de vida que se leva, com pequenas mudanças educacionais é possível diminuir a mortalidade de câncer entre 30% e 70%.

Controlar o peso, praticar exercícios físicos três vezes por semana, ter uma dieta pobre em gorduras e rica  em frutas, vitaminas e fibras são uma das mudanças a serem seguidas para se prevenir contra o câncer. Além disso, o não tabagismo, o controle do alcoolismo, hipertensão e diabetes também ajudam nesta prevenção. De acordo com o especialista, essas mudanças já são um grande ganho na diminuição da incidência de câncer.

De acordo com José Humberto, que o conjunto de fatores: vida saudável (físico e mental) e diagnóstico precoce pode aumentar a expectativa de vida de pacientes com câncer em cinco anos. O especialista ainda revela que levar uma vida saudável, não só ajuda a se prevenir contra o câncer como também contra outros tipos de doenças, como diabetes, hipertensão, obesidade entre outras.

Fonte R7