Como Fazer Empréstimo com Nome Sujo – Veja aqui

Empréstimo com Nome Sujo

Uma das principais dúvidas as em relação á contratação de um empréstimo, é se existe a possibilidade fazê-lo com o nome sujo, ou seja, possui débitos em órgãos s de crédito dos consumidores, como SPC ou SERASA. A pessoa que possui o nome em um desses órgãos pode estar devendo em lojas, supermercados, bancos e etc.

Por isso, na hora da contratação de um empréstimo muitos bancos fazem uma consulta prévia junto a esses órgãos para evitar eventuais prejuízos. O que não é errado, pois na maioria das vezes quem faz muitas dívidas não conseguirá arcar com novos compromissos.

Na verdade, o que pessoas que possuem nome sujo procuram é um crédito para poder quitar essas dívidas. O que não significa que a pessoa irá novamente dar um calote. Pensando nessas pessoas, muitos bancos oferecem empréstimos para quem possui nome sujo no SPC ou SERASA. Porém, existem algumas restrições na hora da contratação.empréstimo com nome sujo

Pré-requisitos para fazer empréstimo com nome sujo:

  • Ser correntista em algum banco;
  • Se não for correntista de algum banco, deve ter pelo menos alguma renda em serviço público, ou empresa que oferece crédito consignado;
  • Aposentado, pensionistas, militares, podem fazer empréstimos em financeiras mesmo com o nome sujo, porém os juros podem ser um pouco maiores que em bancos.

Como Fazer Empréstimo Com Nome Sujo

Para fazer um empréstimo com nome sujo, você deve ter em mente que o valor do crédito a ser liberado vai depender do seu nível de endividamento, ou seja, se não forem muito altos, é possível conseguir algum dinheiro emprestado. Mas isso irá variar de banco para banco, porque cada instituição financeira possui cálculos que determinam a quantidade de crédito a ser liberada.

Se você precisa de um empréstimo para quitar suas dívidas e está com o nome sujo, converse com o gerente do seu banco. O banco possui grande interesse em emprestar dinheiro, mesmo sabendo que possui o nome sujo.

A margem de crédito é utilizada para identificar se o cliente de determinado banco ainda possui o valor mínimo de uma parcela para fazer um empréstimo com nome sujo. Essa margem de crédito é calculada com base em diversos fatores, como renda, tempo de banco, produtos (capitalização, seguros, previdência, etc.), dentre outros.

Agora se sua margem, ou a parcela, for um valor muito baixo ou igual à zero, sua situação está complicada. Porém ainda existem algumas alternativas, em alguns bancos é possível aumentar essa margem de crédito mediante a contratação de algum produto, como previdência, seguros, capitalização, etc. A contratação desse tipo de produto é conhecida como, venda casada.

Se você deseja fazer um empréstimo com nome sujo, o mais recomendado é que explique sua situação para o gerente do banco, ou o funcionário que te atender, porque juntos irão procurar uma alternativa. Os bancos não são obrigados a emprestar dinheiro, mas também não querem perder um cliente.

GOSTOU? COMPARTILHE

139 Comentários

  1. Carlos Eduardo Costa 15 de fevereiro de 2013 Reply
  2. alexandre 21 de fevereiro de 2013 Reply
  3. Rogério 16 de abril de 2013 Reply
  4. Creuza 3 de maio de 2013 Reply
  5. fernando 31 de julho de 2013 Reply
  6. JOSÉ 20 de agosto de 2013 Reply
  7. Ligia diana 27 de agosto de 2013 Reply
  8. elaine gomes carvalho 18 de outubro de 2013 Reply
  9. Alexsaandro Rodrigues dos Santos. 3 de novembro de 2013 Reply
  10. wagner gomes 14 de novembro de 2013 Reply
  11. rosaria 13 de dezembro de 2013 Reply
  12. cairo fraga 31 de dezembro de 2013 Reply
  13. mádna 3 de janeiro de 2014 Reply
  14. Valter Aparecido de Toledo Junior 15 de abril de 2014 Reply
  15. fabiola silva almeida 15 de abril de 2014 Reply
    • luciano 10 de julho de 2016 Reply
  16. Noelma dde jesus silva 29 de abril de 2014 Reply
  17. Moises 21 de julho de 2014 Reply
  18. jeferson 15 de agosto de 2014 Reply
  19. Francine 24 de agosto de 2014 Reply
  20. claiton 27 de agosto de 2014 Reply
  21. paulo 5 de setembro de 2014 Reply
  22. Arlete dos santos 9 de outubro de 2014 Reply
  23. jessica 10 de outubro de 2014 Reply
  24. jessica 10 de novembro de 2014 Reply
    • carlos 30 de dezembro de 2015 Reply
  25. maria aparecida dos santos leite. 18 de novembro de 2014 Reply
  26. Cássia 19 de dezembro de 2014 Reply
  27. Celma Maria Vieira Pinto 19 de dezembro de 2014 Reply
  28. fabio 21 de dezembro de 2014 Reply
  29. adriana 10 de janeiro de 2015 Reply
  30. LEONARDA DA SILVA BERNARDO 14 de janeiro de 2015 Reply
  31. Jesica 15 de janeiro de 2015 Reply
  32. sueli gomes dos santos 2 de fevereiro de 2015 Reply
  33. sueli gomes dos santos 2 de fevereiro de 2015 Reply
  34. sueli gomes dos santos 2 de fevereiro de 2015 Reply
    • sueli gomes dos santos 2 de fevereiro de 2015 Reply
  35. jonas soares de lima 19 de março de 2015 Reply
  36. jonas soares de lima 9 de abril de 2015 Reply
  37. Debora 18 de abril de 2015 Reply
  38. luis 18 de abril de 2015 Reply
  39. Darlene 19 de abril de 2015 Reply
  40. valdinei aparecido da cruz 17 de maio de 2015 Reply
  41. paloma 27 de maio de 2015 Reply
  42. Meirilandia santana de souza 1 de junho de 2015 Reply
  43. Luisa 2 de junho de 2015 Reply
  44. darlene 3 de junho de 2015 Reply
  45. DIANA 8 de junho de 2015 Reply
  46. Edmislon Santos 12 de junho de 2015 Reply
  47. Josi 17 de junho de 2015 Reply
  48. aline de lima coimbra 20 de junho de 2015 Reply
  49. marcelo gomes da silva 24 de junho de 2015 Reply
  50. carlos eduardo faria de oliveira 2 de julho de 2015 Reply
  51. jean luis de andrade 7 de julho de 2015 Reply
  52. Silvia Santiago 9 de julho de 2015 Reply
  53. Andreza 10 de julho de 2015 Reply
  54. vanessa 15 de julho de 2015 Reply
  55. NaNDREA BELLO DA SILVA 21 de julho de 2015 Reply
  56. Marisa Lima 28 de julho de 2015 Reply
  57. Raquel 28 de julho de 2015 Reply
  58. Ariadney 8 de agosto de 2015 Reply
  59. francielly 2 de setembro de 2015 Reply
  60. Sinvaldo 8 de setembro de 2015 Reply
  61. Sinvaldo 8 de setembro de 2015 Reply
  62. samuel 11 de setembro de 2015 Reply
  63. samuel 11 de setembro de 2015 Reply
  64. Sonia Guedes da Costa 16 de setembro de 2015 Reply
  65. Maria do socorro Alves Beserra 18 de setembro de 2015 Reply
  66. Maria 24 de setembro de 2015 Reply
  67. andreza 1 de outubro de 2015 Reply
  68. Carlos andre 2 de outubro de 2015 Reply
  69. thais 4 de outubro de 2015 Reply
  70. Carlos andre 9 de outubro de 2015 Reply
  71. Rosana 13 de outubro de 2015 Reply
  72. erica vieira 23 de outubro de 2015 Reply
    • Ricardo 4 de maio de 2016 Reply
  73. flavio conceiçao 30 de outubro de 2015 Reply
  74. flavio conceiçao 30 de outubro de 2015 Reply
  75. Adario vieira da silva 2 de novembro de 2015 Reply
  76. paulo pinto 6 de novembro de 2015 Reply
  77. maria rozilda de souza barboza 17 de novembro de 2015 Reply
  78. elias magalheas lopes 18 de novembro de 2015 Reply
  79. vania 19 de novembro de 2015 Reply
  80. vanessa aline kerber 30 de novembro de 2015 Reply
  81. Morgan Laura 12 de fevereiro de 2016 Reply
  82. Dékány. 22 de fevereiro de 2016 Reply
  83. Ricardo Pereira de Moura 27 de fevereiro de 2016 Reply
  84. Paulo 7 de março de 2016 Reply
  85. PIETRO SATTA 13 de março de 2016 Reply
  86. Rafael 5 de abril de 2016 Reply
  87. Ricardo 4 de maio de 2016 Reply
  88. carlos juan 11 de maio de 2016 Reply
  89. lucineia borges soares 30 de maio de 2016 Reply
  90. lucineia borges soares 30 de maio de 2016 Reply

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*